Galaxy A72 x Realme 7 Pro: compare ficha técnica e preço

Celulares se destacam por câmera quádrupla e bateria parruda. Aparelho da Realme já é visto com mais de R$ 500 de desconto.

Galaxy A72 e Realme 7 Pro são dois celulares recém-lançados pela Samsung e pela Realme com o apelo do bom custo-benefício. Os smartphones se assemelham pelo processador, câmera quádrupla e bateria parruda, mas diferem na memória RAM, tela e tipo de carregamento. Nas linhas a seguir, compare A72 e 7 Pro em quesitos técnicos e no preço.

O Realme 7 Pro desembarcou em janeiro no mercado nacional com o objetivo de superar fabricantes conhecidas e alcançar o top 3 nacional. O celular chegou por R$ 2.999, mas já pode ser visto com quase R$ 600 de desconto, por R$ 2.425. Já o Galaxy A72 chegou no Brasil esse mês por R$ 3.799 e já pode ser visto por R$ 3.419 – desconto de R$ 380 em menos de um mês.


Celulares se destacam por câmera quádrupla e bateria parruda. Aparelho da Realme já é visto com mais de R$ 500 de desconto.

Galaxy A72 e Realme 7 Pro são dois celulares recém-lançados pela Samsung e pela Realme com o apelo do bom custo-benefício. Os smartphones se assemelham pelo processador, câmera quádrupla e bateria parruda, mas diferem na memória RAM, tela e tipo de carregamento. Nas linhas a seguir, compare A72 e 7 Pro em quesitos técnicos e no preço.

O Realme 7 Pro desembarcou em janeiro no mercado nacional com o objetivo de superar fabricantes conhecidas e alcançar o top 3 nacional. O celular chegou por R$ 2.999, mas já pode ser visto com quase R$ 600 de desconto, por R$ 2.425. Já o Galaxy A72 chegou no Brasil esse mês por R$ 3.799 e já pode ser visto por R$ 3.419 – desconto de R$ 380 em menos de um mês.


Tela e design

Uma das principais diferenças entre os celulares diz respeito ao tamanho da tela. O Galaxy A72 tem telona de 6,7 polegadas com densidade de 394 ppi, enquanto o Realme 7 Pro vem com display de 6,4 polegadas e densidade de 411 ppi. Ambos apresentam resolução Full HD+ (2400 x 1080) e tecnologia Super AMOLED, que promete displays mais leves, finos e sensíveis ao toque.

O telefone da Samsung leva vantagem pela taxa de atualização de 90 Hz e capacidade de iluminação máxima de 800 nits, que proporciona maior nitidez às imagens. O recurso Eye Care ainda ajuda a amenizar a fadiga ocular ao reduzir a temperatura das cores automaticamente.

Por outro lado, o smartphone da Realme tem capacidade de 583 nits de iluminação e taxa de atualização de tela de 60 Hz. Ele vem com a certificação de baixa emissão de luz azul da TÜV Rheinland.


A aparência dos telefones segue o padrão que está em voga atualmente. Ambos trazem tela com bordas mínimas, corpo alongado no formato 20:9, ausência de notch e câmera frontal abrigada em um furo central. O Realme 7 Pro é um pouco mais leve que o rival e tem textura espelhada, com design de CD. As lentes traseira do aparelho ficam em uma fila vertical, dentro de uma caixa, enquanto as do Galaxy A72 são dispostas em um quadrado.

Os dois têm a parte traseira feita em plástico. O Galaxy A72 traz Gorilla Glass 5 na parte frontal e conta com proteção IP67, que garante resistência a poeira e submersão em até 1 metro de água por até 30 minutos. O Realme 7 Pro traz Gorilla Glass 3 Plus, um revestimento repelente à água que não garante total impermeabilidade.

O Galaxy A72 está disponível nas cores preto, branco azul e violeta. O Redmi Note 9 Pro vem nos acabamentos azul espelhado e prata espelhado.

Câmera

Outro diferencial entre os celulares consiste na resolução das câmeras. O Galaxy A72 chega a 64 MP, com zoom óptico de 3 vezes, zoom digital de até 30 vezes e estabilizador óptico de imagem. Além disso, o telefone Samsung ainda vem com uma câmera ultra wide de 123º, uma lente macro para captar detalhes bem de perto e um sensor de profundidade para Modo Retrato. Fica assim:

  • Sensor principal de 64 MP (f/1.8)

  • Câmera ultra wide de 12 MP (f/2.2)

  • Câmera macro de 8 MP (f/2.4)

  • Sensor de profundidade de 5 MP (f/2.4)

  • Câmera frontal de 32 MP (f/2.2)


O Realme 7 Pro tem câmera quad fabricada pela Sony com sensor principal de 64 MP, além de uma lente ultra wide de 8 MP e 119º, ângulo próximo ao da visão humana. O aparelho vem com uma lente especial para retratos que permite captar imagens em preto e branco e tem o modo Pro Nightscape para fotografia noturna. Outras funções incluem o Modo Estrelado, vídeo com Efeito Bokhen em tempo real e uso de Inteligência Artificial para otimizar as fotos. O conjunto fica assim:

  • Sensor principal de 64 MP (f/1.8)

  • Câmera ultra wide de 8 MP (f/2.3)

  • Câmera macro de 2 MP (f/2.4)

  • Sensor de profundidade de 2 MP (f/2.4)

  • Câmera frontal de 32 MP (f/2.5)


Ambos os aparelhos contam com LED flash, Modo Noturno, Modo Panorâmico, Modo Retrato, Sistema HDR e detecção facial. Os dois gravam em 4K a uma velocidade de 30 frames por segundo (fps) e têm câmera lenta de 240 fps.

Desempenho e armazenamento

Os aparelhos vêm com chipset Snapdragon 720G de 8 nanômetros, oito núcleos de processamento de até 2,3 GHz de velocidade e GPU Adreno 618. O Galaxy A72 tem 6 GB de memória RAM, enquanto o Realme 7 Pro leva vantagem por causa dos 8 GB de RAM.

Pela ficha técnica, é esperado que ambos consigam ter bom rendimento em jogos e aplicativos de edição de fotos e vídeos. A memória RAM de 6 GB também favorece abrir vários aplicativos ao mesmo tempo. O aparelho da Samsung vem ainda com o Game Booster, recurso que aprende os padrões de uso do usuário durante os jogos para otimizar a bateria, a temperatura e a memória.


O armazenamento dos aparelhos é de 128 GB. Contudo, o Galaxy A72 permite expansão por cartão microSD de até 1 TB, enquanto o Realme 7 Pro tem slot para microSD de apenas 256 GB, o que pode não ser suficiente para quem guarda muitos arquivos.

Bateria

No quesito bateria, o Galaxy A72 leva vantagem. O telefone tem componente de 5.000 mAh, com promessa de até dois dias completos de uso. Seriam 19 horas de navegação 4G e 23 horas em reprodução de vídeos, pelas contas da Samsung. Já o Realme 7 Pro tem capacidade de 4.500 mAh.

Um dos grandes destaques do smartphone da Realme é o carregador rápido de 65 W, capaz de repor a bateria em apenas 34 minutos sem superaquecer o aparelho. Segundo a fabricante chinesa, este é o carregador mais rápido disponível atualmente no Brasil. O celular da Samsung vem com carregador rápido de somente 25 W.

Versão do Android

O Realme 7 Pro sai de fábrica com Android 10 e interface Realme UI. A fabricante já anunciou que o aparelho deve receber em breve a versão Realme UI 2.0, baseada no Android 11, mas isso ainda não tem data confirmada para acontecer.

O Galaxy A72 roda Android 11 junto com a One UI 3.1. A versão mais recente do Google permite usar recursos nativos como notificações em forma de bolha, gravação de tela e captura de tela rolável.

Recursos adicionais

Os dois celulares têm sensor de impressão digital posicionado sob a própria tela. O Realme 7 Pro ainda vem com dois alto-falantes estéreos, Dolby Atmos e compatibilidade com Hi-Res. Já o Galaxy A72 vem com Quick Share, que permite o envio instantâneo de conteúdos como vídeos e fotos através do Wi-Fi Direct e Bluetooth.

Ambos vêm com porta USB-C, entrada P2 para fones de ouvido, comunicação NFC, wi-fi de 5 GHz nas bandas 802.11 a/b/g/n/ac e internet LTE. Contudo, a internet 4G do A72 chega a 800 Mbps de velocidade, enquanto a do Realme 7 Pro atinge 600 Mbps. Quanto ao Bluetooth, a versão do aparelho da Realme é a 5.1 contra a versão 5.0 do celular da Samsung.

Preço

Anunciado em janeiro deste ano, o Realme 7 Pro chegou ao mercado nacional por R$ 2.999 e já pode ser visto com R$ 574 de desconto – por R$ 2.425.

Já o Galaxy A72 chegou ao mercado nacional no mês passado por R$ 3.799 e, em menos de um mês, já pode ser visto co R$ 380 de desconto, por valores a partir de R$ 3.419.

0 comentário