resultado da busca

296 resultados encontrados para ""

Posts do Blog (170)

  • Xiaomi admite que carregador mais rápido do mundo prejudica bateria

    A Xiaomi anunciou recentemente o carregador HyperCharge, que promete chegar de 0 a 100% em 8 minutos de carga com seus 200 W de potência. A repercussão desse lançamento gerou debates sobre a possível degradação da bateria devido ao excesso de calor pela alta potência. Em resposta a esse questionamento, a gigante chinesa explicou que o novo produto reduziria em 20% a capacidade total do componente após 800 ciclos. Não só a Xiaomi, como a Oppo e outros fabricantes têm trabalhado em carregadores com números elevados de Watts na composição. Ainda nesta semana, a Infinix teve fotos vazadas do que pode vir a ser um carregador de 160 W, o qual também despertou questionamentos acerca da preservação da bateria. Para entender a dimensão dos efeitos do calor do HyperCharge na bateria, a Xiaomi detalhou números obtidos por meio dos testes realizados. Tendo como exemplo o Mi 11 Ultra, com 5.000 mAh, constatou-se que após 800 ciclos ele passa a carregar apenas 4.000 mAh. Ou seja, após dois anos recarregando o aparelho uma vez ao dia, a capacidade é reduzida em 20%. Portanto, esses dados apresentados pela Xiaomi estão dentro dos padrões que as autoridades chinesas pedem. A exigência desses órgãos indica que seja preservada ao menos 60% da bateria durante 400 ciclos. Dessa forma, a fabricante chinesa se mantém dentro dos conformes regulatórios ao garantir 80% do componente mesmo após 800 recargas.

  • Carregar o celular no modo avião é mais rápido? E na tomada 220V?

    Tem coisa pior do que ter ficar de vigília, em uma tomada pública, esperando que o celular carregue para que você possa seguir com a sua vida normalmente? Saiba que tem como fazer com que o seu celular carregue mais rápido, diminuindo esse tempo de espera — lembrando que pode ser perigoso conectar o USB em lugares públicos. Tem gente que diz que deixá-lo no modo avião no momento da recarga ou usar tomadas 220V, ao invés das de 110V, ajuda a melhorar a velocidade do carregamento. Mas será que essas estratégias são de fato eficazes? Bom, carregar o celular com o modo avião ativado não vai fazer nenhum milagre, mas ajuda a ir um pouco mais rápido, segundo especialistas. Isso porque o aparelho faz menos esforço para funcionar, já que o acesso às redes móveis, Wi-Fi, Bluetooth e outras funções que consomem bateria estão desativadas. "No modo avião, o celular não acessa a rede, não recebe e nem faz chamadas. A bateria continua sendo consumida, mas com os recursos desativados a economia de bateria é maior", explicou Antonio Carlos Gianoto, professor de engenharia do Centro Universitário FEI. O engenheiro eletrônico Almir Meira Alves, professor da FIAP (Faculdade de Informática e Administração Paulista), ressalta que o grande vilão da bateria está relacionado ao sinal da internet, tanto no Wi-Fi quanto no 4G. "Quando o celular perde o sinal de internet, por exemplo, ele começa a procurá-lo de qualquer jeito e, para conseguir buscar, ele abre a energia. Nesse momento o uso de bateria aumenta bastante", afirmou Alves. Carregar o celular no 220V ajuda? Para os professores, a prática de carregar o celular em tomadas 220V achando que será mais rápido é mito. Ainda mais porque os celulares de hoje são bivolt, ou seja, se adaptam automaticamente a qualquer uma das voltagens. Segundo Alves, o tempo de carga é o mesmo nas duas voltagens e o próprio sistema do celular se organiza caso seja usado uma ou outra. "Tanto uma quanto outra vai fornecer a corrente necessária. Não tem evidência nenhuma de que 220V é mais rápido", ressaltou Gianoto. Os professores destacam ainda que o que define se o carregamento será mais rápido ou não é a potência do carregador.

  • Empresa entra na disputa por carregador super-rápido de celular

    Acessório de 160 Watts deve ser anunciado em breve. Xiaomi lidera mercado com 200 W. A empresa Infinix está trabalhand o no que pode vir a ser um dos carregadores mais rápidos do mundo, o Ultra Flash Charge. O dispositivo com 160 Watts deve acelerar significativamente o tempo de recarga, que hoje é feita com modelos de potência bem mais baixas. Ele deve ultrapassar lançamentos que já têm pensado a questão do tempo de recarga. O produto da Oppo oferece potência de 125 Watts. Ainda assim, ele deve ficar atrás do produto que assume o pódio de mais rápido, o HyperCharge, de 200 Watts, anunciado pela Xiaomi no começo deste mês. Ele consegue carregar completamente uma bateria de 4.000 mAh em oito minutos. Há ainda um modelo alternativo, sem fio, que otimiza essa modalidade de recarga com seus 120 W de potência. A Infinix participa do mercado de smartphones desde 2013 e comercializa produtos em parte da Europa e da Ásia. Dessa forma, o carregador em questão poderá acompanhar um lançamento futuro da própria fabricante. Por outro lado, a empresa passou a vender notebooks recentemente em regiões como Egito, Indonésia e Nigéria. Portanto, é possível que o carregador tenha se desenvolvido com foco nos laptops. Ainda não há confirmação da companhia. Uma das dúvidas sobre carregadores potentes diz respeito à vida útil da bateria exposta à grande quantidade de calor gerada durante a recarga. Ainda nesse sentido, outras tecnologias surgem como alternativa para esse problema, como é o caso dos carregadores de nitreto de gálio (GaN). Essa tecnologia substitui o silício usado no concorrente e consequentemente controla melhor a dissipação de calor. Os carregadores com maior potência tendem ampliar a estrutura, como é possível notar no Ultra Flash Charge da Infinix. Na contramão dessa propensão, a Anker anunciou uma linha de carregadores com a tecnologia GaN que entrega potências de até 65 Watts, mas com tamanho reduzido. Por se tratar apenas de especulações, não é possível afirmar se o carregador chegará em breve acompanhando um smartphone, tablet ou mesmo notebooks. Portanto, não existem também previsões de datas para o anúncio do Ultra Flash Charge. Com informações de XDA Developers

Ver todos

Páginas (38)

  • Assistencia Tecnica Celular | São Paulo | Itaim | Capas Mania

    Assistência técnica e acessórios para celulares Compre Compre Compre Compre Acompanhe em tempo real pelo celular Leva e traz Enviamos por WhatsApp o andamento de sua O.S. Sistema Inteligente Veja nossos acessórios

  • Assistencia tecnica Apple | Vila Olimpia | Itaim bibi | Capas Mania

    APPLE Assistência Técnica para iPhone e iPad iPhone (2007–2008) iPhone 3G (2008–2010) iPhone 3GS (2009–2012) iPhone 4 (2010–2013) iPhone 4S (2011–2014) iPhone 5 (2012–2013) iPhone 5C (2013–2015) iPhone 5S (2013–2016) iPhone 6 (2014–2016) iPhone 6 Plus (2014–2016) iPhone 6S (2015–2018) iPhone 6S Plus (2015–2018) iPhone SE (2016) (2016–2018) iPhone 7 (2016–2019) iPhone 7 Plus (2016–2019) iPhone 8 (2017-2020) iPhone 8 Plus (2017-2020) iPhone X (2017–2018) iPhone XR (2018-presente) iPhone XS (XS & XS Max) (2018-2019) iPhone 11 (2019-presente) iPhone 11 Pro (2019-presente) iPhone 11 Pro Max (2019-presente) iPhone SE (2020) (2020-presente) iPhone 12 (2020-presente) iPhone 12 Pro (2020-presente) iPhone 12 Pro Max (2020-presente) iPhone 12 Mini (2020-presente) Desbloqueio de Celular; Desoxidação de Celular; Reparo na Placa Principal; Auto Falante e Microfone; Restaurações de Software; Troca de Baterias Troca de Flex Cable (Cabo Flexivel) Atualização Troca de Conectores de Carga e Fone de Ouvido; Troca de Tela; Outros tipos de serviços. Conheça alguns serviços: Linha iPad A1893: iPad 6ª geração (2018), Wi-Fi; A1954: iPad 6ª geração (2018), Wi-Fi + Celular; A1822: iPad 5ª geração (2017), Wi-Fi; A1823: iPad 5ª geração (2017) Wi-Fi + Celular; A1458: iPad 4ª geração (final de 2012), Wi-Fi; A1459: iPad 4ª geração (final de 2012), Wi-Fi + Celular; A1460: iPad 4ª geração (final de 2012), Wi-Fi + Celular (CDMA); A1416: iPad 3ª geração (início de 2012), Wi-Fi; A1430: iPad 3ª geração (início de 2012), Wi-Fi + Celular; A1403: iPad 3ª geração (início de 2012), Wi-Fi + Celular (CDMA); A1395: iPad 2 (2011), Wi-Fi; A1396: iPad 2 (2011), Wi-Fi + 3G (GSM); A1397: iPad 2 (2011), Wi-Fi + 3G (CDMA); A1219: iPad (2010), Wi-Fi; A1337: iPad (2010), Wi-Fi + 3G). Linha iPad Air A2152: iPad Air 3ª geração (2019), Wi-Fi; A2123: iPad Air 3ª geração (2019), Wi-Fi + Celular (global); A2153: iPad Air 3ª geração (2019), Wi-Fi + Celular (Estados Unidos e Canadá); A2154: iPad Air 3ª geração (2019), Wi-Fi + Celular (China continental); A1566: iPad Air 2 (2014), Wi-Fi; A1567: iPad Air 2 (2014), Wi-Fi + Celular; A1474: iPad Air (2013), Wi-Fi; A1475: iPad Air (2013), Wi-Fi + Celular; A1476: iPad Air (2013), Wi-Fi + Celular (China continental). Linha iPad mini A2133: iPad mini 5ª geração (2019), Wi-Fi; A2124: iPad mini 5ª geração (2019), Wi-Fi + Celular (global); A2126: iPad mini 5ª geração (2019), Wi-Fi + Celular (Estados Unidos e Canadá); A2125: iPad mini 5ª geração (2019), Wi-Fi + Celular (China continental); A1538: iPad mini 4 (2015), Wi+Fi; A1550: iPad mini 4 (2015), Wi+Fi + Celular; A1599: iPad mini 3 (2014), Wi+Fi; A1600: iPad mini 3 (2014), Wi+Fi + Celular; A1489: iPad mini 2 (final de 2013), Wi+Fi; A1490: iPad mini 2 (final de 2013), Wi+Fi + Celular; A1491: iPad mini 2 (início de 2014), Wi+Fi + Celular (China continental); A1432: iPad mini (final de 2012), Wi-Fi; A1454: iPad mini (final de 2012), Wi-Fi + Celular (LTE ); A1455: iPad mini (final de 2012), Wi-Fi; + Celular (CDMA). Linha iPad Pro A2229: iPad Pro de 12,9 polegadas, 4ª geração (2020), Wi-Fi; A2069: iPad Pro de 12,9 polegadas, 4ª geração (2020), Wi-Fi + Celular (Global); A2232: iPad Pro de 12,9 polegadas, 4ª geração (2020), Wi-Fi + Celular (Estados Unidos e Canadá); A2233: iPad Pro de 12,9 polegadas, 4ª geração (2020), Wi-Fi + Celular (Estados Unidos e Canadá); A2228: iPad Pro de 11 polegadas, 2ª geração (2020), Wi-Fi; A2068: iPad Pro de 11 polegadas, 2ª geração (2020), Wi-Fi + Celular (Global); A2230: iPad Pro de 11 polegadas, 2ª geração (2020), Wi-Fi + Celular (Estados Unidos e Canadá); A2231: iPad Pro de 11 polegadas, 2ª geração (2020), Wi-Fi + Celular (China continental); A1876: iPad Pro 12,9 polegadas, 3ª geração (2018), Wi-Fi; A1895: iPad Pro 12,9 polegadas, 3ª geração (2018), Wi-Fi + Celular (global); A2014: iPad Pro 12,9 polegadas, 3ª geração (2018), Wi-Fi + Celular (Estados Unidos e Canadá); A1983: iPad Pro 12,9 polegadas, 3ª geração (2018), Wi-Fi + Celular (China continental); A1980: iPad Pro 11 polegadas (2018), Wi-Fi; A1934: iPad Pro 11 polegadas (2018), Wi-Fi + Celular (global); A2013: iPad Pro 11 polegadas (2018), Wi-Fi + Celular (Estados Unidos e Canadá); A1979: iPad Pro 11 polegadas (2018), Wi-Fi + Celular (China continental); A1670: iPad Pro 12,9 polegadas, 2ª geração (2017), Wi-Fi; A1671: iPad Pro 12,9 polegadas, 2ª geração (2017), Wi-Fi + Celular; A1821: iPad Pro 12,9 polegadas, 2ª geração (2017), Wi-Fi + Celular (China continental); A1701: iPad Pro 10,5 polegadas (2017), Wi-Fi; A1709: iPad Pro 10,5 polegadas (2017), Wi-Fi + Celular; A1852: iPad Pro 10,5 polegadas (2017), Wi-Fi + Celular (China continental); A1673: iPad Pro 9,7 polegadas (2016), Wi-Fi; A1674: iPad Pro 9,7 polegadas (2016), Wi-Fi + Celular; A1584: iPad Pro 12,9 polegadas (2015), Wi-Fi; A1652: iPad Pro 12,9 polegadas (2015), Wi-Fi + Celular.

Ver todos